Outono, tempo de recomeços



Pois é, a natureza ensina-nos muito, precisamos de "perder" algum tempo a conhece-la e descobri-la.


Temos tendência para associar o outono ao fim de tudo: verão, calor, diversão, amigos, alegria, festa, novidade, férias, animação, vida nova ... enfim, uma imensidão de coisas "positivas" que terminaram com o início do outono. Agora o outono é começo de chuva, frio, tristeza, desânimo, trabalho e tudo o mais de negativo que possamos pensar.

Mas quem disse que o outono não pode ser um tempo de recomeço, de vida nova? Porque não?

No outono, se prestarmos atenção, vemos a natureza a "limpar" as suas árvores, as folhas vão ficando escuras, secando e vão caindo, o vento ajuda a que, mesmo as mais resistentes, acabem por cair e as árvores vão ficando despidas. Deixamos de ver o "verde" que estávamos habituados a ver e torna-se tudo mais "castanho", mais escuro e isso deixa em nós uma certa tristeza, pois parece que não vemos vida à nossa volta. Mas tudo tem o seu tempo e virá depois a época das folhas voltarem. Contudo, este é um tempo diferente, um tempo novo e precisamos olhar para este tempo com muita positividade, confiança e esperança.


Marta Faustino

#martafaustinopsicologia #psicologaclinica #confiar #esperança #recomeço #tristeza #desânimo

 

+351 910884310

©2020 por Marta Faustino - Psicóloga clínica.